SUPERANDO O VAGINISMO

Dra. Vanda - Médica e Séxologa

Diagnóstico

A busca de ajuda de um profissional especializado em terapia sexual deve ser o primeiro passo para se identificar esta disfunção sexual.

O diagnóstico de vaginismo deve ser feito a partir de um histórico psicossexual detalhado e através do exame ginecológico para descartar outras causas de dor durante o coito, como também identificar o espasmo da musculatura vaginal, confirmando o diagnóstico.

O comportamento de medo, angústia, defesa e esquiva estão presentes durante o exame ginecológico dessas pacientes. É importante que se avalie a capacidade da mulher para tolerar a exploração do genital durante o exame, evitando traumatizá-la.

Informações sobre anatomia dos genitais e fisiologia da resposta sexual feminina devem ser enfatizadas com objetivo de esclarecer ideias errôneas sobre a genitália e sobre o ciclo de resposta sexual.